terça-feira, 28 de julho de 2020

SERVIDOR TEM CASA ALVEJADA POR TIROS EM CHAVAL

Um servidor público de 59 anos procurou a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Chaval, na tarde desta segunda-feira (27), após ter a casa alvejada por tiros, por volta das 3 horas da madrugada do mesmo dia. 
Em depoimento ao delegado, Pedro Rodrigues da Costa, conhecido popularmente como Pedro "Maranhense", disse que estava dormindo quando escutou cerca de três disparos. 
Ainda segundo ele, o atirador se parece com uma pessoa que ele disse ter visto em um vídeo. 
Afirmou também ao delegado que recebeu, na noite anterior, mensagens ofensivas dessa pessoa via whatsapp. 
Pedro "Maranhense" disse desconfiar que os tiros tenham sido uma forma de intimidação, pois ele mostra nas redes sociais os malfeitos da atual administração.
O clima político em Chaval não anda dos mais amenos. Relatos dão conta que pessoas contrárias à gestão têm sofrido represálias. 
A cidade, umas da mais pobres do Ceará, é conhecida por não pagar em dia seus servidores. Há categorias que sofrem com até 3 meses de atraso salarial. Sem punição por parte da justiça, o município vem se transformando em um "barril de pólvora". 
Postado por Tadeu Nogueira às 14:56h

Nenhum comentário: