quarta-feira, 28 de outubro de 2020

MP RECORRE E PEDE IMPUGNAÇÃO DE EUVALDETE AO TRE-CE

O Ministério Público Eleitoral (MPE) recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará (TRE-CE) da decisão da Justiça Eleitoral de Camocim que liberou a candidatura de Euvaldete Ferro à prefeita. 

No recurso, o MPE se diz inconformado com a sentença do Juiz Eleitoral de Camocim e pede ao TRE-CE que o registro de candidatura de Euvaldete seja indeferido.  

"Vale destacar ainda que o extinto TCM, além de identificar as várias irregularidades elencadas, determinou a imputação de débito de R$ 19.491,60, assim como fora expressamente reconhecida, em tese, a prática de ato de improbidade administrativa de Euvaldete Ferro", ressalta o Promotor Eleitoral Evânio Filho. 

Euvaldete Ferro consta na relação do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) como ficha-suja, por contas desaprovadas quando esteve à frente da Secretaria Municipal de Assistência Social. O recurso do MPE será julgado pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará (TRE-CE). 

Por Tadeu Nogueira

Nenhum comentário: