quinta-feira, 19 de novembro de 2020

CANDIDATURA DA NORA DE EUVALDETE TAMBÉM É BARRADA NO TRE

Na tarde desta quinta-feira (19), o pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará (TRE-CE), de forma unânime, por 7 votos a 0, indeferiu o registro de candidatura à vereadora de Iracema Gonçalves Araújo Oliveira. O julgamento teve como Relator o Juiz Francisco Érico Carvalho. 

Iracema havia entrado com um recurso para tentar reverter a decisão do Juiz Eleitoral Thales Sabóia, que indeferiu seu registro em Camocim. Com o nome sub judice disponível nas urnas, ela obteve 7 votos. 

Iracema, assim como Euvaldete Ferro e Chico Vaulino, seus sogros, também é ficha-suja. Ela foi condenada por fraudes praticadas durante sua gestão como Secretária de Saúde do Município, no período em que seu sogro era prefeito. Em 2016 ela foi barrada pelo mesmo motivo. 

Iracema também foi responsabilizada, segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), por irregularidades que totalizam o prejuízo de R$ 981.256,10 aos cofres municipais. Além disso, ela deve quase R$ 1.300.000,00 ao município de Camocim. Sua ficha inclui ainda 5 ações de improbidade administrativa. Iracema ainda é acusada  por peculato e falsificação de documento. 

Por Tadeu Nogueira

Nenhum comentário: