terça-feira, 17 de novembro de 2020

TRE CASSA CANDIDATURA E ANULA VOTOS DE EUVALDETE

Na tarde desta terça-feira (17), por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará (TRE-CE), acatando recurso impetrado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), indeferiu o registro de candidatura de Euvaldete Ferro (MDB) à prefeitura e Camocim. 

Com a decisão, os 18.067 votos obtidos por Euvaldete estão anulados. Dessa forma, Betinha Magalhães (PDT) foi eleita com uma vantagem de 18.253 votos. O relator do recurso foi o Juiz Eduardo Scorsafava. 

Sobre o caso 

Euvaldete Ferro consta na relação do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) como ficha-suja, por contas desaprovadas quando esteve à frente da Secretaria Municipal de Assistência Social. Sua candidatura havia sido deferida inicialmente pelo Juiz Eleitoral de Camocim. 

No recurso feito junto ao TRE-CE, o Promotor Eleitoral de Camocim, Evânio Filho, ressaltou: 

"Vale destacar ainda que o extinto TCM, além de identificar as várias irregularidades elencadas, determinou a imputação de débito de R$ 19.491,60, assim como fora expressamente reconhecida, em tese, a prática de ato de improbidade administrativa de Euvaldete Ferro". 

Por Tadeu Nogueira 

Um comentário:

Anônimo disse...

Agora complicou pra quem apostou ponta de vantagem kkkkkkkk