quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

APÓS CRICIÚMA (SC), "CANGACEIROS" LEVAM TERROR A CAMETÁ (PA)

Foi-se o tempo em que o "novo cangaço" atacava somente cidades pequenas e desprotegidas. Em menos de 24 horas, esse tipo de ação levou o terror a duas cidades com mais de 13o mil habitantes. 

Na madrugada desta quarta-feira (02), uma quadrilha tomou as ruas de Cametá (PA), para assaltar bancos. Um morador da cidade identificado como Alessandro de Jesus Lopes foi morto pelos assaltantes após ser feito de refém. 

A ação tem características semelhantes à registrada em Criciúma, no Sul de Santa Catarina, na madrugada desta terça (1º), em que uma quadrilha também fez ataques pelo município em ação para assaltar uma agência bancária. 

Assim como ocorreu em Criciúma, a quadrilha que atacou Cametá também usou reféns como escudos para se locomover pelas ruas da cidade. As pessoas foram capturadas em bares. Os criminosos atiraram para cima durante mais de uma hora. O grupo usou armas de alto calibre e explosivos. 

Um quartel da Polícia Militar (PM) foi atacado, impedindo a saída dos policiais. Esse método também foi utilizado pelos homens que levaram terror a Criciúma.

Por Tadeu Nogueira 
Fonte: G1

Nenhum comentário: