segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

RECURSO DE JAMES BEL EM JULGAMENTO NO PLENO DO TSE

O recurso que pede o deferimento da candidatura de James Bel à Prefeitura de Martinópole começou a ser julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

O relator do processo, ministro Alexandre de Moraes, havia dado parecer pelo indeferimento da candidatura de James Bel. Ele considerou a alegação de que, em 2007, James abandonou o cargo de professor no município de Martinópole, sendo demitido por decisão definitiva em processo administrativo.

O julgamento foi aberto em plenário virtual (no qual 3 ministros apenas registraram seus votos), mas o ministro Luís Roberto Barroso entendeu que o caso deve ser levado a debate no plenário físico do TSE, onde os ministros se reúnem para analisar o processo. 

Segundo sua defesa, James Bel, no ano de 2017, pediu licença sem remuneração do cargo de professor do município, porém, lhe foi negada. James acredita que o atual prefeito, Júnior Fontenele, através de um ato de exoneração, tentou tirá-lo da disputa eleitoral de 2020, aplicando o ato de exoneração do cargo de professor. Ambos já haviam disputado as eleições de 2016, com derrota de James Bel. Em 2020, James venceu a disputa com permissão do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará (TRE-CE). 

Por Tadeu Nogueira
Fonte: Blog Ceará Acontece 

Nenhum comentário: