terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

PETROBRAS JÁ PERDEU UM BB EM VALOR DE MERCADO

Por Alexandre Versignassi 
R$ 102 bilhões foram para o espaço desde sexta (19). E o próprio Banco do Brasil, também ameaçado pela sanha intervencionista, perde R$ 11 bilhões. Entenda a profundidade do poço que Bolsonaro cavou. 

Em janeiro de 2016, as ações da Petrobras custavam R$ 4,80. Há uma semana, R$ 30. A alta espetacular, de 525% em cinco anos nos papéis preferenciais, os mais negociados, veio porque havia confiança na reestruturação do mercado de petróleo e derivados no país.  
Tal confiança, você sabe, escafedeu-se,

Como o intervencionismo de Bolsonaro criou pânico, e várias outras empresas caíram feio também, o Ibov fechou numa queda Hitchcockiana, de 4,87%.

Só no caso da Petrobras, foram R$ 74 bilhões em perda de valor de mercado. Some a isso aos R$ 28 bilhões que já tinham ido para o espaço na sexta (19), e temos um buraco de R$ 102 bilhões. Isso dá um quarto do valor de mercado que a empresa tinha até sexta pela manhã. E equivale a um Banco do Brasil. Ou melhor, equivalia.

Nenhum comentário: