sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

JUSTIÇA ANULA ELEIÇÃO DO CONSÓRCIO DE SAÚDE DE CAMOCIM

Em ação ajuizada pela Procuradoria Geral do Município de Camocim, que contou com a adesão das Procuradorias de Barroquinha e Martinópole, o Juiz Hugo Gutparakis de Miranda determinou, nesta sexta-feira (17), a anulação da eleição para a Presidência do Consórcio de saúde de Camocim, determinando, como consequência, a realização de nova eleição, devendo ser obedecido os requisitos legais do estatuto da entidade consorciada.

A eleição, agora anulada, realizada em 26 de março de 2021, elegeu o Prefeito de Chaval, Sebastião Veras, Presidente do Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Camocim (CPSMCAM).

"Determino que seja realizada uma nova eleição, seguindo rigorosamente os ditames da lei e o Estatuto do Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Camocim", disse o magistrado na decisão.

O Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Camocim reúne os municípios de Camocim, Barroquinha, Chaval, Granja e Martinópole.

Por Tadeu Nogueira