sexta-feira, 22 de setembro de 2017

CHICO VAULINO NÃO UNE FORÇAS E OPOSIÇÃO RACHA NO APOIO A ROMEU

O ainda líder da oposição em Camocim, Chico Vaulino, demonstrou mais uma vez sua fraqueza ao não conseguir unir 100% de seus aliados em prol da pré-candidatura de Romeu Arruda, de Granja, a deputado estadual. 
O termo "ainda" se justifica. Basta citar Guilherme Gouveia, tradicional líder da oposição granjense, os conhecidos "Guisados", que foi varrido dessa posição após abrigar um membro da Oligarquia Arruda. Talvez com a alegação de que era "Aldigueri" e não mais "Arruda", Romeu ganhou a confiança de Gouveia, e depois de vencer as eleições em 2012, enterrou os "Guisados", dando ao até então líder, a função de mero liderado. 
"Gui", que sempre resistiu aos Arruda, caiu no "canto da sereia". Acreditou em um produto que havia mudado só de rótulo.  
Muitos apoiadores tradicionais de Chico Vaulino, que discordam dessa aliança com Romeu, decidida sem consulta alguma, já pensam que a história de Granja pode se repetir em Camocim.  "A rasteira está pronta", disse um eleitor fiel de Vaulino.  
Chico Vaulino surpreendeu em sua ascensão e queda. É chamado de "fenômeno" pelos seus seguidores. Em 2004 ele surpreendeu com incríveis 5.756 votos de vantagem para prefeito. Por outro lado, em apenas 13 anos e 3 eleições depois, ele zerou essa vantagem, ficando devedor em 1.319 votos nas eleições de 2016. Esse é o "fenômeno".   
Sem pulso político, centralizador e arrogante com seus aliados, viu sua bancada implodir no decorrer desses anos. O que chegou a ser um grupo de 8 vereadores, ficou resumido a um, assumidamente leal a ele. 
E foi justamente esse, leal a ele, no caso, Marcos Coelho, que surgiu como símbolo maior do racha do grupo, discordando ferozmente do fato de seu líder decidir apoiar, segundo ele, um perseguidor de camocinenses, alguém que tem um passado suspeito, que claramente pretende fazer com Chico Vaulino o que fez com "Gui" em Granja. Vale lembrar que Marcos Coelho entra com ficha no jogo. Com 1.803 votos, ele foi o vereador mais votado de Camocim em 2016.  
Sempre submisso aos Arruda, mas com garantia de que seu "povo", quem liderava era ele, Chico Vaulino pode ter dado adeus de vez ao seu "ganha pão". Restará a castanha...
Postado por Tadeu Nogueira às 10:36h

3 comentários:

Gabriel Yegor disse...

Eu sou um que concorda com Marcos Coelho. Jamais eu e minha família votaremos nesse Romeu que tem uma inveja imensa de Camocim, jamais votaremos nele. Chico vaulino vai sair perdendo e muito nesse apoio insensato!

vivianelima oliveira disse...

Chico Vaulino vai receber de volta o mesmo que ele faz com o padre, Flávio Bezerra e com o Gony. Ele não tem votos. Se tem porque não elegeu ninguém do partido dele é da familia? Quem não vota no Sérgio Aguiar, vota contra ele e nunca em que o Chico Vaulino apoia.

mm disse...

Pastor Flavio Bezerra