sábado, 7 de outubro de 2017

ARTESÃ DE TATAJUBA É DESTAQUE EM EMPREENDEDORISMO E LIDERANÇA

No litoral Oeste do Ceará, há um lugar paradisíaco, com mar, ventos, dunas, lagoas e coqueirais. Diante de tanta beleza, os búzios, que ficam na areia quando a maré baixa, passam despercebidos pelos frequentadores. Eles, no entanto, valem ouro para a artesã Gleiciane Ricardo, 29 anos, residente na Praia de Tatajuba, uma vila de pescadores a 27km de Camocim. Das talentosas mãos, surgem luminárias, abajures, cortinas, sinos da felicidade, dentre outras peças admiradas por turistas, sobretudo os estrangeiros que visitam o local e a vizinha Praia de Jericoacoara.
Gleiciane, como prefere ser chamada, tem rotina atribulada para quem mora em lugar tão pequeno. Às 6 horas, já está na pousada Portal do Vento, onde trabalha há 9 anos. Faz um delicioso café da manhã para os hóspedes, dentre outras atribuições. Às 13 horas, está de volta para casa e, em seguida, inicia a produção, ao lado das amigas Maria do Livramento Araújo, 34 anos, e Maria Edinete Pessoa Pontes, 31.
Há dois anos, as três artesãs formam o Grupo Arte Nativa Original: "Não estava mais conseguindo sozinha dar contar das encomendas. Convidei as meninas para a gente trabalhar juntas e está dando muito certo. Nossos principais clientes são os turistas estrangeiros", afirma Gleiciane, que também negocia pela internet (Mercado Livre) e já enviou peças para outros estados. 
No Ceará, os artigos podem ser comprados na pousada onde trabalha, cuja proprietária reservou espaço para exposição, e também em Jericoacoara. Anualmente, participam do Encontro Sesc Povos do Mar, realizado na Praia de Iparana (Caucaia), onde exibem diversos modelos. Leia mais AQUI, na edição de hoje do DN
Postado por Tadeu Nogueira às 10:37h
Com informações do DN / Fotos: Helene Santos / Cid Barbosa 

Nenhum comentário: