quinta-feira, 21 de junho de 2018

ACREDITE! CONSÓRCIO DE SAÚDE PAGA DÍVIDA QUE NEGA TER EXISTIDO

Na semana passada, mais precisamente na sexta-feira (15), denunciamos na Meio Norte 93,1 FM, mais uma dívida acumulada do Consórcio Público de Saúde, presidido pelo Prefeito de Martinópole, Júnior Fontenele, que estava se encaminhando para um calote. . 
Dessa vez a "vítima" era a empresa que prestava serviço de vigilância eletrônica. O atraso já chegava a quase 5 meses. Como represália, a empresa retirou todas as câmeras das Unidades de Pronto Atendimento 24 Horas de Camocim e Granja. Ainda na sexta, anunciamos via Facebook que iríamos publicar novamente o caso na semana seguinte no Camocim Online. 
Na terça-feira (19) fizemos isso. Em todo esse tempo, ninguém do Consórcio de Saúde se manifestou sobre a denúncia, desmentindo a mesma, nem mesmo na sessão realizada na sexta, através dos vereadores "defensores" do verdadeiro presidente do Consórcio de Saúde, que até o "Babau" sabe de quem se trata. E olhe que o Vereador César Veras reforçou a denúncia. Mesmo assim, os Vereadores Erasmo e Juliano seguiram calados. E quem cala...
Já nesta quarta-feira (20), somente 5 longos dias após a primeira denúncia, eis que surge um documento nas redes sociais, datado de 20 de junho (um dia após a matéria no blog), com a empresa afirmando que o Consórcio de Saúde nada lhe deve. 
Além disso, pra variar, com o Consórcio de Saúde afirmando que não tinha essa dívida e que o blog havia mentido. 
Mas se o blog estava mentindo, por que então a declaração de adimplência surgiu somente 5 dias depois e com data de 20 de junho? Por que o documento não foi mostrado no dia de denúncia, ou no dia seguinte, por exemplo? 
A empresa respondeu, Presidente Júnior Fontenele. 
Segundo o dono da empresa, a dívida existia e só foi paga depois das denúncias do blog. O pagamento ocorreu dia 18 de junho (4 dias depois da denúncia), sendo que o valor só foi creditado no dia 19 na conta da empresa, um dia antes da data que consta (olha que coincidência, presidente) na tal declaração de adimplência. Ou seja, só emitiram o documento depois do pagamento feito. Mas se não tinha dívida, se o blog mentiu, então por que pagaram? Agora fica um desafio para o Presidente Júnior Fontenele: 
Acione a justiça afirmando que o blog mentiu. 
Mais credores aguardam pagamento, presidente. Notou agora por que escolheram o senhor na reta final como candidato a presidente do Consórcio? Force aí "tico e teco". Se for o caso, peça ajuda aos universitários. Não aos de Martinópole. Muitos deles querem distância do senhor. 
Postado por Tadeu Nogueira às 09:44h

Nenhum comentário: