quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

"ENCHENTE" DE DÍVIDAS: RECEITA BLOQUEIA MAIS DE R$ 1 MILHÃO DE GRANJA

A Prefeitura de Granja surpreendeu a todos ao decidir, no último dia 8 de fevereiro, não realizar o carnaval deste ano. 
Segundo o comunicado oficial, os recentes estragos causados pelas chuvas teriam sido o motivo. 
A população passou a estranhar tal alegação, já que o município sofre com enchentes desde que o carnaval da cidade foi intensificado com atrações milionárias. 
Isso acontece desde 2013, quando Romeu Arruda assumiu a liderança da Oligarquia Arruda, grupo que domina o município há mais de 50 anos. 
De 2013 até agora, mesmo com enchentes que causaram graves estragos, desabrigando centenas de famílias, nunca havia sido nem cogitado o cancelamento do evento. 
E para aumentar a desconfiança, eis que surge, segundo informações obtidas pelo Camocim Online, dados que mostram um bloqueio de cerca de R$ 595 mil reais, realizado pela Receita Federal, da parcela do Fundo de Participação dos Municípios, de 10 de janeiro, referente ao mesmo mês.  
Somando os demais débitos, sobrou para a prefeitura, menos de R$ 200 mil. 
Já na parcela do dia 10 de fevereiro, também em relação ao mês corrente, outro bloqueio, dessa vez de aproximadamente 412 mil, foi realizado pela Receita Federal. 
No total, a Prefeitura de Granja teve mais de R$ 1 milhão de reais retidos entre janeiro e fevereiro (justamente o período de contratações para o carnaval). 
Em situações desse tipo, retenções ocorrem por conta de repasses não realizados ao Governo Federal, como o do INSS de servidores, por exemplo. Só para se ter uma ideia, durante o ano de 2018, essas retenções somaram  R$ 2.004.373,00.
Seja qual for a desculpa apresentada agora, tais dados deixam claro que a enchente passou longe de ser o motivo da não realização do carnaval. Os Granjenses merecem uma explicação verdadeira, afinal, o dinheiro é deles. 
Postado por Tadeu Nogueira às 10:39h

Um comentário:

Unknown disse...

Eu sabia que havia algo errado porque as enchentes acontece todos os anos e nunca tinha sido cancelado o carnaval, tinha que ter alguma razão para essa decisão na última hora ...