segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

22 HORAS! RESTAURANTES E BARRACAS PREVÊEM PREJUÍZO

A mudança abrupta do Governo do Estado do Ceará em relação às medidas restritivas de combate ao Coronavírus, principalmente no que se refere ao horário de funcionamento de restaurantes e barracas de praia, vem impactando de forma negativa em destinos turísticos como Camocim. 

Proprietários desses estabelecimentos, localizados em municípios que não possuem atrativos turísticos, não estão sentindo tanto a determinação de fechar às 22 horas, porém, quem cuida desse tipo de negócio em cidades como Jijoca, Camocim, Aracati, Guaramiranga e algumas outras, já contabilizam os prejuízos. 

"Do nada, o governo decreta isso em pleno 11 de dezembro, quando todos já aumentaram seus estoques de bebidas e alimentos, além de contratações temporárias para Natal e Réveillon. Em cidades sem turismo, 22 horas não tem movimento algum, até aí tudo bem. O problema é que o governador esqueceu de Camocim e outros locais em que o turismo não para, principalmente nos finais de semana. Se ao menos ele colocasse o limite de fechar para meia-noite nesses destinos, ajudaria bastante", disse um dono de barraca. 

Camocim está há 92 dias sem óbitos e há 86 dias sem internações hospitalares. 

Por Tadeu Nogueira

Nenhum comentário: