. CAMOCIM ONLINE: HOMEM PRESO POR ESTUPRAR MENOR NO PI JÁ FEZ O MESMO EM CAMOCIM
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

HOMEM PRESO POR ESTUPRAR MENOR NO PI JÁ FEZ O MESMO EM CAMOCIM

IDOSO ESTUPROU E ENGRAVIDOU 
SOBRINHA DEFICIENTE DE 12 ANOS EM CAMOCIM
Uma coincidência brutal ocorreu nesta terça-feira (02), após noticiarmos, com informações e foto do Portal Costa Norte, a prisão, ocorrida na manhã de segunda-feira (01), na zona rural de Luís Correia (PI), de José Felismino de Melo, de 61 anos, natural de Camocim, residente em Barroquinha, acusado de raptar e estuprar uma menina de apenas 10 anos, que mora no povoado de Capoeira, em Parnaíba (PI). 
Minutos após a postagem, uma leitora do blog comentou que Felismino, também chamado de "Zé Macário", era a mesma pessoa que estava sendo procurada pela justiça, acusada de estuprar a engravidar, no início de 2015, na zona rural de Camocim, uma menina de apenas 12 anos, com deficiência múltipla. 
O caso veio à tona por intermédio de uma matéria publicada no Camocim Online, que entre outras coisas, revelou que o procedimento, após ter sido encaminhado pelo Conselho Tutelar, à Polícia Civil de Camocim, e ao Ministério Público, já estava há 3 meses sem nenhum andamento.  Após a matéria, foi emitido um mandado de busca e apreensão contra Felismino, dando assim início à apuração do caso. Acontece que ele tratou de fugir, e desde então, estava dado como foragido. 
Diante dessa informação obtida hoje, através da leitora, dando conta que ele seria a mesma pessoa que estão procurando em Camocim, entramos em contato com o Conselho Tutelar e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), que de imediato repassaram a informação à Polícia Civil e ao Juiz Rogério Henrique. Após averiguações, ficou constatado que trata-se realmente da mesma pessoa. No final da tarde, fomos informados que as autoridades envolvidas no caso, de Camocim, já teriam entrado em contato com a Central da Polícia Civil e o Conselho Tutelar de Parnaíba, para que os procedimentos cabíveis sejam executados. Relembre AQUI e AQUI as matérias sobre o caso. 
Postado por Tadeu Nogueira às 18:00h

0 comentários: